PM apresenta suspeitos do assassinato de jovem de Espera Feliz



 

Tamanho da fonte    




A Polícia Civil de Juiz de Fora apresentou, na quarta-feira, 06/09, dois homens, de 19 e 25 anos, suspeitos do assassinato de um casal, cujos corpos foram localizados no bairro Previdenciários, no dia 02 de julho. A jovem de 22 anos, de Espera Feliz e o namorado dela, de 24 anos, de Além Paraíba, estavam no interior de uma Saveiro. A ação foi possível após investigações da Delegacia Especializada de Homicídios que culminaram no cumprimento dos mandados de prisão temporária.
 
De acordo com o delegado Armando Avólio Neto, o suspeito mais jovem seria o mandante do crime e foi preso no Centro, já o outro, executor, foi encontrado no Bairro Cascatinha. Investigações apontam que a motivação do crime estaria ligada ao tráfico. “As primeiras informações são de que a vítima, o jovem, tinha um envolvimento com a comercialização de drogas, mas um tipo diferente: haxixe a base de óleo e cera, de alto valor no mercado”, explicou o delegado complementando que poucas pessoas têm acesso a essa droga por conta do alto custo. “Tornando, assim, uma disputa acirrada para mercancia do entorpecente. Chega a valer de R$60 a R$150 reais o grama”, disse.
 
Ainda segundo a autoridade policial, durante depoimento, eles não confessaram, mas as declarações deles são contraditórias. “Eles negaram, mas, segundo apurações, o suposto mandante teria uma dívida com a vítima, o jovem de 24 anos, e teria simulado que iria comprar mais 200 gramas da droga para revender. No entanto, ele teria enviado o outro homem envolvido para executar o jovem “, disse, informando que objetos encontrados dentro do carro estão vinculados aos investigados.
 
Eles serão encaminhados ao Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) de Juiz de Fora. A PCMG não descarta o envolvimento de outras pessoas no crime. As investigações prosseguem.
 
Interligado Online













}