PM e CREAS discutem medidas de tratamento para moradores de rua



 

Tamanho da fonte    




Com o objetivo de diminuir a incidência de crimes na área central da cidade e entorno da rodoviária, policiais militares reuniram-se com os assistentes sociais do Centro de Referência Especializado de Assistência Social, no dia 24/05, para falar sobre o envolvimento dos moradores de rua com a prática de delitos.
 
A diretora do CREAS, Adriana Salazar, recebeu a aspirante a Oficial Suellen Mafra e o sargento Alex de Castro para tratar sobre questões relacionadas aos moradores de rua que estão vivendo em Manhuaçu. Os assistentes Amadeu e Egilson, responsáveis pelo trabalho realizado com os moradores de rua, também participaram da reunião.
 
A PM já registrou diversas ocorrências, tais furtos, roubos, tráfico e uso de drogas, envolvendo indivíduos em situação de rua e está empenha em buscar soluções para essa questão que aflige a comunidade.
 
Durante a reunião, a diretora Adriana explicou que as primeiras medidas já serão adotadas. Um casal de moradores que está alojado em parte um imóvel do Centro da cidade, também usado para uso drogas, será retirado do local. A mulher será levada para a casa da mãe e o homem para uma Casa de Acolhimento. A equipe de assistentes sociais do CREAS tomará as devidas providências para o encaminhado do casal. E a proprietária do imóvel providenciará o fechamento do local usado pelos moradores de rua.
 
Tribuna do Leste
 
Envie notícias, fotos e vídeos para o nosso WhatsApp (33) 99906-5656













}