PM prende dois indivíduos acusados de tráfico de drogas em Manhumirim



 

Tamanho da fonte    




Nesta quinta-feira, 29/07, por volta das 15h15, a equipe “Patrulha de Operações” da 29ª Cia PM Manhumirim composta pelos militares Cabo Leandro, Cabo Diniz, Cabo Rodrigo Luís e Soldado Érika, durante patrulhamento repressivo voltado a combater o tráfico ilícito de drogas recebeu denúncia anônima dando conta que no “Beco dos Caboclos”, Bairro Nossa Senhora da Penha, em Manhumirim, teria indivíduos realizando tráfico de drogas naquele momento.
 
De posse das informações e tendo em vista que todos os denunciados são conhecidos no meio policial devido seus envolvimentos com entorpecentes, a equipe deslocou-se imediatamente para o endereço apontado pelo informante, sendo certo ao aproximarem do local depararam com os indivíduos denunciados, os quais ao avistarem a viatura policial um deles conhecido como “Nei” atirou um objeto no quintal de uma casa abandonada e tentou sair do local na tentativa de não ser abordado, mas pelo fato dele ter problemas em uma das pernas foi detido e preso, enquanto os outros indivíduos conseguiram empreenderam fuga.
 
Durante rastreamento aos suspeitos em fuga, o indivíduo conhecido como “Dim” foi localizado e preso escondido em uma casa abandonada que fica no citado beco, que faz divisa com um matagal existente no entorno do bairro, sendo com ele localizado e apreendido um tablete de maconha.
 
Ainda, os militares ao iniciarem vistoria no quintal da casa onde “Nei” teria atirado o objeto, os militares localizaram um invólucro plástico contendo em seu interior 40 pedras de crack já endoladas e prontas para a venda, as quais foram apreendidas.
 
Por fim, foi dada voz de prisão aos autores “Nei” e “Dim” por, em tese, estarem cometendo o crime de tráfico ilícito de drogas e associação para o tráfico, crimes capitulados nos artigos 33 e 35 da Lei de drogas, sendo eles apresentados ilesos à Autoridade de Polícia Judiciária juntamente com toda droga arrecadada e ainda vários registros policiais que dão conta do envolvimento de ambos com a prática ilícita de venda de drogas, tendo o delegado de plantão da 6ª DRPC na cidade de Manhuaçu, ratificado o flagrante e encaminhado os dois para o presídio local, onde ficarão aguardando decisão da justiça.
 
Manhuacu.com/com informações da PM