PM prende homem suspeito de homicídio na zona rural de Inhapim



 

Tamanho da fonte    




Isaac Pereira Nunes, de 27 anos, foi preso na tarde desta segunda-feira, 17/04, no Córrego Alto do Taquaral, zona rural de Inhapim.
 
Com o suspeito os militares encontraram no momento da abordagem uma escopeta calibre 12, com dez munições intactas.
 
De acordo com Tenente Mussi, da Polícia Militar, Isaac já é conhecido no meio policial e tem passagem por homicídio, tentativa de homicídio e tráfico de drogas.
 
O suspeito que se encontra detido na sede da 288 Companhia da PM de Inhapim será encaminhado à Delegacia de Polícia Civil em Caratinga para as demais providências. A motivação do crime será investigada.
 
O caso
 
Lavrador é morto a tiros na zona rural de Inhapim
 
O lavrador José Carlos Ramos, de 46 anos, foi morto com tiros à queima-roupa, durante a tarde de domingo, 16/04, no Córrego da Bananeira, na zona rural de Inhapim. A Polícia Militar foi acionada, via 190, informando que havia ocorrido um homicídio naquela região. Os militares se descolaram imediatamente para o Córrego da Bananeira, onde isolaram e preservaram a cena do crime até a chegada da perícia da Polícia Civil.
 
A perita constatou que a vítima tinha duas perfurações no crânio provocadas por disparos de arma de fogo, sendo uma perfuração na região da nuca e outra atrás da orelha direita.
 
Após os trabalhos periciais, o corpo da vítima foi liberado e levado pelo serviço funerário ao Instituto Médico Legal (IML) de Caratinga.
 
Segundo informações colhidas pelos militares no local, um indivíduo suspeito chegou à residência da vítima a bordo de uma moto baixa com para-lama dianteiro vermelho, para negociar a compra de um animal. A esposa da vítima ouviu dois disparos e viu quando, o indivíduo suspeito veio correndo, pois, ele havia deixado a moto perto da porteira.
 
A esposa de José Carlos perguntou o que tinha acontecido e se ele teria matado seu marido. O indivíduo negou dizendo que os rapazes que brincavam no campo soltaram bombinhas e que José Carlos estava no campo jogando bola. Ele fugiu rapidamente sentido ao distrito de Macadame.
 
Esse mesmo indivíduo já havia estado outras vezes na residência da vítima. No dia 03, por volta das 21h, ele foi ao local e perguntou como chegava até o distrito de Jerusalém e se havia vizinho próximo àquela residência. No dia 13, o mesmo indivíduo suspeito retornou de motocicleta até a casa da vítima e a chamou pelo nome, por volta das 19h, perguntando se ela poderia lhe mostrar e um animal (égua), pois tinha interesse em adquirir.
 
Contudo, José Carlos se recusou a mostrar os animais porque estava fora de hora. O indivíduo suspeito pediu para lavar as mãos e foi visto também pela esposa da vítima, que desconfiou do jeito dele e ficou temerosa. O caso será investigado pela Polícia Civil.
 
TV Super Canal
 
Envie notícias, fotos e vídeos para o nosso WhatsApp (33) 99906-5656













}