Polícia Militar e comerciantes se reúnem na ACIAM



 

Tamanho da fonte    




Comerciantes e diretores da Associação Comercial, Industrial e Agronegócios de Manhuaçu (ACIAM) se reuniram com o comando do 11º Batalhão da Polícia Militar, através do comandante Tenente-Coronel Sérvio Túlio Mariano Salazar e os comandantes da Companhias de Manhuaçu Capitão Agnaldo Schuab e de Realeza Capitão César Freitas. 
 
O encontro promovido pela entidade teve o objetivo de apresentar aos oficiais os principais problemas enfrentados na área da segurança e, também, discutir meios para ampliar o policiamento neste final de ano, quando a ação dos marginais é maior em razão do aumento de movimento.
 
O comandante anunciou que a operação natalina será iniciada em dezembro e terá o reforço dos soldados que estão em formação no batalhão. “Teremos dezenas de policiais em estágio de policiamento sempre acompanhados de militares formados nas ruas. Isso vai dar um reforço significativo no período de Natal e nas férias de Janeiro, que temos também uma operação específica”, detalhou o Tenente-coronel Sérvio Túlio.
 
Comerciantes pontuaram algumas preocupações com roubos a mão armada em lojas da cidade e outros furtos. O comandante ressaltou que todas as ocorrências de crimes violentos tiveram resposta imediata da polícia, inclusive com a prisão de envolvidos e materiais recuperados.
 
O oficial lembrou também que muitas das vezes as questões envolvem outros segmentos do sistema de defesa social e até mesmo a legislação penal. Durante a reunião, o comandante apresentou propostas de parceria com o comércio para intensificar a segurança e reduzir as ocorrências de furtos e roubos. “Os comerciantes também devem adotar medidas de autoproteção, adotar procedimentos de segurança, treinamento com funcionários e instalar mecanismos para dificultar a ação dos bandidos. Eu cito, por exemplo, empresas que utilizam câmeras de baixa qualidade de imagem, que infelizmente não permitem que se identifique o autor.A PM está sempre disponível para orientar também”, reforçou.
 
Tenente-coronel Sérvio Túlio também citou bons resultados da Rede de Comércios Protegidos, formada por lojistas, que tem ajudado a circular informações e orientações.
 
Campanha
 
Outra ação destacada é o papel da ACIAM ao divulgar orientações de segurança e reforçar as medidas que o comércio também pode adotar. A PM vai fornecer material informativo e a entidade vai direcionar aos associados.
 
O presidente da Associação Comercial, Silvério, destacou as iniciativas e reforçou a necessidade desse diálogo em função das demandas das empresas. “É importante para a segurança, dos comerciantes e dos consumidores, o reforço no policiamento e essas propostas apresentadas pela Polícia também são bastante interessantes”, diz.
 
Os comerciantes foram orientados, ainda, a não manter muito dinheiro no caixa e atuar em parceria com os vizinhos. Ou seja, um comerciante saber da rotina do outro para, em caso de alteração, solicitar a ação da PM. Além disso, os oficiais reforçaram o pedido para que, em casos de furtos ou roubos, além da ligação imediata para o telefone de emergência 190, fornecendo características físicas dos infratores, a ocorrência seja registrada.
 
Assessoria de Comunicação













}