Policiais prendem suspeitos de estelionato na Ponte do Silva



 

Tamanho da fonte    




Uma família de Juiz de Fora foi presa acusada de estelionato no distrito Ponte do Silva, em Manhuaçu, durante o último sábado, 22/04. Segundo a Polícia Militar, eles aplicaram golpes em uma construtora, intermediando a compra de concreto.
 
A ação policial recolheu documentos falsificados e conseguiu evitar um golpe de cerca de 18 mil reais. “Os sócios da construtora informaram que uma pessoa intermediou a venda de concreto para um prédio em construção. Ele comprou o concreto no valor de 280 reais e teria revendido por 180 reais/m³. Além disso, o sujeito que recebia o material na obra não quis assinar a última nota. A partir desses atos estranhos, houve o acionamento da polícia”, conta a Aspirante Suelen, da Polícia Militar.
 
Ainda de acordo com os policiais, o pai negociava o concreto, enquanto a mãe se passava por outra pessoa (falsidade ideológica) e entregou documentos e um contrato com dados falsos. O filho deles era quem assinava a entrega do material na obra em Ponte do Silva.
 
Outro suspeito, que deu nome falso, mas foi reconhecido como sendo uma pessoa de Manhuaçu ainda não foi localizado.
 
Os três primeiros envolvidos foram autuados na Delegacia de Polícia Civil.
 
Manhuacu.com/com informações da PM
 
Envie notícias, fotos e vídeos para o nosso WhatsApp (33) 99906-5656













}