Policial Militar e Médico Legista de Caratinga detidos em Operação Aranha no Deserto do Leste de Minas



 

Tamanho da fonte    




O sargento Mauro Célio Lourenço e o médico legista Tales Edson Chaves foram detidos na quarta-feira, 10/05, pelo Grupo de Atuação Especial Combate ao Crime Organizado (GAECO) durante operação que investiga um grupo que fraudava laudos periciais com o objetivo de aumentar a quantia das indenizações de pessoas que sofreram acidentes de trânsito. O grupo, que fazia uma espécie de agenciamento, recebia um percentual de 30 a 50% do valor recebido pelos beneficiários.
 
Em outubro do ano passado, o Ministério Público denunciou cinco pessoas suspeitas de praticar esse tipo de fraude em Timóteo, entre os denunciados estão três advogados, um despachante e um médico. Na época, o Gaeco apontava ligação do caso do Vale do Aço a um grupo investigado no Norte de Minas.
 
Em contato telefônico com representantes da cidade de Ipatinga, os dois foram detidos de forma preventiva (para o prosseguimento das investigações). Para a tarde desta quinta-feira (11/05) há a previsão de uma coletiva naquela cidade para a divulgação de novas informações e esclarecimentos a cerca das prisões e da operação intitulada de “Aranha no Deserto do Leste de Minas”.
 
É aguardado um parecer do Delegado Bruno, que também está à frente das investigações. Em contato com a assessoria de comunicação do Ministério Público de Minas Gerais, a orientação do Gaeco é de divulgação de novas informações a partir das 14h.
 
TV Super Canal
 
Envie notícias, fotos e vídeos para o nosso WhatsApp (33) 99906-5656













}