MANHUACU.COM - Prefeito de Manhuaçu perde líder na Câmara

Prefeito de Manhuaçu perde líder na Câmara



 

Tamanho da fonte    




O 2º Secretário da Mesa Diretora, Vereador Francisco de Assis Dutra (Chico do Juquinha), surpreendeu ao plenário ao se pronunciar na sessão legislativa da Câmara Municipal de Manhuaçu, nesta Quinta-feira, 06.  Chico renunciou sua condição de Líder do Governo na Casa Legislativa. Ainda nesta primeira sessão do mês, presidida por Maurício de Oliveira Júnior, diversos assuntos estiveram pauta, além da votação de importantes Projetos de Lei, Requerimentos, Moções e Indicações.
 
Há um ano, o Prefeito Nailton Heringer havia enviado à Câmara (nº 04/2013), indicando Chico do Juquinha para ser o Líder do Governo na Câmara, em atendimento ao que está disposto no Art. nº 97 do Regimento Interno da Casa Legislativa. O Vereador foi o primeiro representante do PT a ocupar esta posição na Câmara de Manhuaçu.  
 
Atuante no Partido dos Trabalhadores desde 1987, ao assumir a condição de Líder do Governo, Chico do Juquinha sentiu-se, na ocasião, honrado e declarou, com entusiasmo, seu compromisso com a população e a vontade de atuar com dinamismo, promovendo a sintonia entre Executivo e Legislativo Municipal. No entanto, durante esta primeira sessão do mês, Chico relatou sua decepção com os procedimentos tomados pelo Prefeito em não ouvir os vereadores, não comunicar previamente as decisões ou Projetos a serem encaminhados à Casa Legislativa – para que haja um melhor entendimento entre o líder e o plenário - e o não atendimento às solicitações de obras em todo o município. O Vereador fez o seguinte discurso:
 
“Ocupo esta tribuna neste momento, para informar a todos que, no dia de ontem, comuniquei ao Senhor Prefeito a minha renúncia da condição de líder do Prefeito, nesta Casa Legislativa. Como membro do Partido dos Trabalhadores, sempre dediquei minha causa, que é a causa do meu Partido, em favor da democracia. Democracia esta pela qual tantos companheiros nossos entregaram suas próprias vidas. E democracia impõe respeito aos poderes constituídos, aos membros dos demais poderes, à comunidade em geral, e, a base deste respeito é exatamente o diálogo. E, neste ano que exerci a função de Líder do Prefeito nesta Casa Legislativa, o que mais vivi foi o autoritarismo, a decisão concentrada, o comando por grupos específicos, e, jamais consegui visualizar o diálogo. O diálogo é a palavra que a atual Administração Municipal desconhece. E um Vereador que tem a minha formação, a formação do PT, não pode coadunar com atitudes desta natureza. Por esta razão, e, em respeito aos Colegas Vereadores, em respeito ao PT, partido que me acolheu e que não aceita situações como esta e, também em respeito à comunidade de São Pedro do Avaí, que sempre me apoiou, tomei esta decisão, ciente de que a falta de diálogo nunca mais”, relatou Francisco de Assis Dutra.
Todos os colegas de plenário se pronunciaram solidários ao vereador.
 
O Vice-presidente da Câmara, Anízio Gonçalves de Souza (Cb. Anízio) relatou “comecei o ano de forma diferente. Queremos ser consultados pelo Prefeito. E, isto não acontece. Não temos suporte, somos apenas informados das resoluções e decisões dele”. 
 
O 1º Secretário, Vereador Eli de Abreu Gomes, dirgindo-se ao colega Chico do Juquinha, disse “quantas vezes “batemos” em você, enquanto Líder do Governo, por causa do Prefeito. Na verdade, o Prefeito não tem ninguém aqui, porque ele apenas quer dar ordem”. 
 Mesa Diretora, durante a primeira sessão legislativa do mês (foto. Ass de Comunicação)
Vereador Gilson César da Costa (Gilsinho) relatou “Chico, você tem moral na sociedade e a Casa Legislativa precisa de pessoas assim. Por várias vezes, estivemos juntos na Prefeitura, buscando atender a sociedade. Não fomos atendidos. A culpa de não ter acontecido isto é do Governo Municipal.
Seu trabalho foi feito de forma correta. O Prefeito está ficando sozinho. O senhor, caro colega vereador, pagou muito caro por ter ficado com o Governo até agora. O Prefeito Nailton deveria rever seus conceitos. Ele está deixando de lado os seus companheiros. Não está faltando diálogo entre a Câmara e o Prefeito. Está faltando ele ouvir a população e os vereadores. Nós torcemos para que a Administração dê certo, porque quem ganha com isto é a população”. 
 
Vereador Jânio Garcia Mendes (Janinho) mencionou que “o Prefeito não está fazendo nada em lugar nenhum. Nós apoiamos você, Chico. 
 
Vereadora Aponísia dos Reis frisou “que o Nailton reflita sobre esta conduta com a população e a Câmara. Sou testemunha de que você, Chico, não teve condições de continuar. Somos parceiros”. 
Vereador Fernando Gonçalves Lacerda lembrou “quantas vezes fomos surpreendidos com Projetos que chegaram da Prefeitura, na última hora. Então, questionávamos o Chico, e, ele também nos dizia que estava sabendo do referido documento naquele momento. Qual a consideração do Prefeito com o Líder do Governo?”
 
Os demais vereadores também demonstraram total apoio ao colega da Casa Legislativa. 
De acordo com o Presidente Maurício de Oliveira Júnior, cabe ao Prefeito indicar quem será o próximo Líder do Governo. 
 
(Assessoria de Comunicação)