Prefeitura de Manhuaçu apresenta inovação na Educação de Jovens e Adultos



 

Tamanho da fonte    




Desde o início da nova gestão, em 2017, a Prefeitura de Manhuaçu, por meio da Secretaria Municipal de Educação, tem consolidado importantes inovações para um melhor aprendizado em sala de aula, para estudantes de todas as idades. Na EJA (Educação de Jovens e Adultos), o município é responsável pelo atendimento a centenas de pessoas que, embora fora da faixa etária convencional dos estudos, buscam novos horizontes para o presente e o futuro em suas vidas.
 
Entre as inovações, a inclusão da disciplina Diversidade, Inclusão e Mundo do Trabalho (DIM) no currículo da EJA. Um tema trabalhado nas salas de aula foi Alimentação Saudável.
 
Para melhor adaptação deste novo conteúdo, a equipe pedagógica que atua com as turmas de 6º ao 9º ano da Secretaria M. de Educação se reuniu na EM São Vicente de Paulo (CAIC) com os professores da EJA. No encontro, o Secretário Municipal de Agricultura, Flânio Alves, ministrou palestra sobre a Cooperativa de Agricultura Familiar em Manhuaçu.
 
Em Manhuaçu, as ações desenvolvidas na EJA são desempenhadas pelas redes municipal e estadual de ensino. A Prefeitura, por meio da Secretaria de Educação, atende no 1º segmento, os adultos inscritos no curso correspondente às séries do 1º ao 5º ano do ensino fundamental, nas escolas EM Rita Clara Sette (Santo Amaro de Minas), EM Camilo Nacif, EM São Vicente de Paulo (CAIC), EM Mariano Batista (São Pedro do Avaí) e EM Silvio Frossard (Cor. Boa Vista). 
 
Para o chamado 2º segmento, que engloba do 6º ao 9º ano do ensino fundamental, a Prefeitura disponibiliza as aulas da EJA nas escolas municipais Rita Clara Sette e de Vilanova.
 
Após o treinamento com os profissionais da Educação, o Projeto Alimentação Saudável foi levado às salas de aula da EJA. Com acompanhamento das Analistas de Educação, Eliana Mucida, Cristiane de Oliveira e Rosane Miranda.
 
Vilanova
 
Em Vilanova, duas palestras especiais motivaram os alunos da EJA, conforme pontua a Professora Inês, responsável pelo DIM na escola. Uma delas, apresentada pela Nutricionista Ana Paula Soares Aguiar, que evidenciou os cuidados com a alimentação. A outra, relacionada às plantas medicinais, explanada por Sandra Domingos, da comunidade São Roque. 
 
Santo Amaro de Minas
 
Palestras também foram realizadas na EM Rita Clara Sette, em Santo Amaro de Minas. De acordo com a professora Roselene, inicialmente, a nutricionista Aryel Mairinques Miranda explanou sobre o tema da alimentação saudável e organizou roda de bate-papo, para o esclarecimento de dúvidas. 
 
Em nova data, a nutricionista Paola Braga de Oliveira também palestrou, concluindo o projeto Alimentação Saudável. Ela evidenciou a importância dos cuidados com a alimentação, sendo traçada linha do tempo que pontuou alterações de ordem mundial que corroboraram para as mudanças que hoje se presencia na saúde das crianças e adolescentes. 
 
No viés do empreendedorismo, Dra. Paola abordou também as possibilidades de mercado que a preocupação mundial com a alimentação saudável apresenta para quem quer empreender nesse ramo. 
 
Secretaria Municipal de Comunicação Social













}