Prefeitura de Manhuaçu inicia limpeza de córrego nos distritos



 

Tamanho da fonte    




Para proporcionar tranquilidade aos moradores dos distritos, onde o pequeno córrego passa silenciosamente com um volume de água considerável, está recebendo a limpeza promovida pela Prefeitura de Manhuaçu. Há bastante tempo, os moradores e vereadores desses dos distritos começaram a reivindicar a limpeza dos córregos, para evitar transbordo no período de chuva.
 
O trabalho está sendo coordenado pelo Secretário Municipal de Agricultura, o agrônomo Sandro Tavares em parceria com a Secretaria de Obras, a fim de que as ações sejam mais rápidas a considerar que em todos os distritos, o trabalho será realizado para atender uma grande demanda.
 
Para realizar a limpeza, se faz necessário o emprego de conhecimento técnico para não degradar o meio ambiente, nem ferir as normas ambientais. Além disso, os responsáveis pela fiscalização acompanham a execução de todo o trabalho. 
 
Segundo o Secretário de Agricultura, Sandro Tavares, o município de Manhuaçu teve de atender várias exigências do Instituto Estadual de Florestas (IEF) e da Superintendência de Obras do Plano de Desenvolvimento do Estado (SUPLAN). Logo em seguida, os pedidos foram protocolados em Ubá, para a liberação do documento individual para cada localidade iniciar as ações. 
Benefício e tranquilidade aos moradores
 
Os trabalhos tiveram início no distrito de Vila Nova, com a remoção de sujeira e entulho do leito do córrego. Está sendo utilizada uma retroescavadeira para executar o serviço, com o parecer técnico do IEF. Também serão beneficiados os distritos de Dom Correa, São Pedro do Avaí, Santo Amaro, Córrego Boa Vista, além de outras localidades que receberão o benefício por meio do trabalho manual, já que  há uma exigência por parte da SUPLAN  para não alterar o curso d'agua .Em algumas localidades, o serviço será feito com mão de obra dos próprios moradores. Em Manhuaçuzinho, uma parceria foi estabelecida para acelerar o serviço.
(foto: Assessoria de Comunicação)
 
Perguntado sobre a limpeza do rio Manhuaçu que está sendo cobrada, o Secretário Sandro Tavares disse que o assunto requer certo cuidado, pois, devido o período de estiagem prolongada, uma limpeza agora seria drástica para o meio ambiente e, até mesmo para as espécies que restaram depois daqueles dias de sol forte  e falta de oxigênio na água, que provocou a mortandade de peixes. "Já temos a liberação para promovermos a limpeza do rio, porém é prudente que aguardemos o nível da água aumentar. Já enviamos a comunicação à SUPLAN e, agora esperamos que haja contratação de pessoal por parte da prefeitura,  para a execução desse processo de limpeza", disse Sandro Tavares.
 
Assessoria de Comunicação













}