Presidente da Câmara de Manhuaçu apresenta pedidos ao vice-governador de MG



 

Tamanho da fonte    




O Presidente da Câmara de Manhuaçu, Jorge Augusto Pereira “Jorge do Ibéria”, entregou ao Vice-Governador de Minas Gerais, Antônio Andrade, durante a abertura do Simpósio de Café, na manhã desta terça-feira, 17/03, ofício em que apresenta três solicitações: Construção de barragens que eliminariam o grande problema das enchentes, construção do Presídio de Manhuaçu e implantação do SAMU.
 
“Historicamente, Manhuaçu sofre com devastadoras enchentes. Na última década, os prejuízos foram enormes para os moradores da região ribeirinha. Infelizmente, a falta de planejamento e fiscalização permitiu o crescimento desordenado de nossa cidade. Foram realizados estudos pela Universidade Federal de Viçosa (UFV) e pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e definidos projetos de construção de barragens que eliminariam o grande problema das enchentes. No entanto, o município sozinho não tem condições de construir obras dessa envergadura. Nesse sentido, peço o apoio fundamental do Governo de Minas para que essas obras de contenção das águas sejam construídas”, explicou Jorge do Ibéria em relação ao primeiro pedido.
 
Sobre a segunda solicitação o presidente Jorge comentou: “A atual cadeia, feita para 50 detentos, tem quase 300 pessoas amontoadas. Ela fica dentro da área urbana, não oferece condições humanas de cumprimento da pena. O município já doou um terreno para o Estado, há cerca de dois anos, e a obra nunca saiu do papel. Precisamos que seja construída, de forma urgente, a estrutura do novo presídio”, salientou.
(foto: Assessoria de Comunicação)
 
Em relação à implantação do SAMU, Jorge do Ibéria justificou: “Foram feitos estudos e a Câmara Municipal já aprovou a adesão do município a um consórcio de cidades. Manhuaçu é cortada por duas rodovias federais e é palco de constantes acidentes. A presença do SAMU é fundamental para salvar vidas”, concluiu.
 
Assessoria de Comunicação













}