Presidente da OAB Manhuaçu recebe Medalha da Inconfidência



 

Tamanho da fonte    




Na manhã desta histórica quinta-feira, 21/04, em Ouro Preto, data em que se recorda a morte de Tiradentes, o presidente da 54ª Subseção da OAB/MG, Alex Barbosa de Matos, recebeu das mãos do Governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, a Medalha da Inconfidência. O presidente da comissão de direito eleitoral da OAB Manhuaçu, Layon Nicolas Dias Pereira e o secretário da comissão de direito tributário da Subseção, João Batista de Sales, prestigiaram a cerimônia. A comenda foi criada em 1952, no Governo de Juscelino Kubistchek e é a maior honraria concedida pelo Estado de Minas Gerais àqueles que, de maneira excepcional, tenham contribuído para a projeção e valorização de Minas Gerais. O presidente da OAB/MG, Antônio Fabrício de Matos Gonçalves também foi agraciado com a Medalha da Inconfidência.

Segundo o presidente da 54ª Subseção da OAB/MG, Alex Barbosa de Matos, “Recebo com muita humildade e carinho esta importante honraria do governo de Minas Gerais e peço licença para compartilhar o meu contentamento, a minha satisfação e alegria com a minha família, amigos e advogados que lutam por uma sociedade mais livre, igualitária e fraterna. Com certeza, o trabalho que temos desenvolvido juntamente com os demais membros de diretoria, na condução da OAB Manhuaçu têm dignificado e valorizado a Ordem e a advocacia mineira. Estamos vigilantes e continuaremos firmes na defesa intransigente de toda sociedade e de nossa classe. Agradeço a todos, em especial, ao governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, pelo reconhecimento e por me agraciar com tão honrosa condecoração”, concluiu.

(foto: OAB/Manhuaçu)

Personalidades e Simbolismo

Cento e quarenta e oito personalidades e entidades foram agraciadas na 65ª solenidade de entrega da Medalha da Inconfidência. Cerca de três mil pessoas participaram da solenidade, que homenageou o ex-presidente do Uruguai José Mujica e outras 147 personalidades e entidades. A comenda, maior honraria concedida pelo estado de Minas Gerais, presta homenagem àqueles que contribuíram para o desenvolvimento do Estado e do país e foi entregue pelo governador Fernando Pimentel e o vice-governador Antônio Andrade.

O senador e ex-presidente do Uruguai, José Pepe Mujica, recebeu o Grande Colar. Ele foi o orador da cerimônia. Ao lado de representantes de movimentos sociais, estavam a senadora uruguaia Lucía Topolansky (mulher de Mujica), o presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, deputado estadual Adalclever Lopes, o presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, Pedro Carlos Bittencourt Marcondes, o ministro da Justiça, Eugênio Aragão, o embaixador do Uruguai no Brasil, Carlos Daniel Amorín-Tenconi; e o presidente da Câmara Municipal de Ourém, em Portugal, Paulo Alexandre Homem Oliveira Fonseca.

(foto: OAB/Manhuaçu)

O governador Fernando Pimentel foi recebido com honras militares e, acompanhado do ex-presidente uruguaio José Mujica, depositou flores no monumento a Tiradentes, no centro de Ouro Preto. Os hinos do Brasil e do Uruguai foram executados pela Orquestra Sinfônica da Polícia Militar de Minas Gerais.

Assessoria de Comunicação / OAB Manhuaçu