MANHUACU.COM - Profissionais da UPA Manhuaçu buscam aprimoramento

Profissionais da UPA Manhuaçu buscam aprimoramento



 

Tamanho da fonte    




A equipe da Central de Leitos da Unidade de Pronto Atendimento participou do encontro de operadores do SUS Fácil em ação educativa, promovida pela Central de Regulação Macro Leste do Sul, em Ponte Nova.
 
O SUS Fácil é um software de Regulação Assistencial que visa melhorar o atendimento de saúde prestado à população de Minas Gerais.
 
O programa é de co-participação do governo do Estado de Minas Gerais, juntamente com o governo federal e faz uma integração das unidades administrativas e executoras de serviços de saúde no Estado.
 
O programa visa agilizar o atendimento de serviços hospitalares e ambulatoriais, de média e alta complexidade, além de procedimentos de urgência e emergência do SUS de Minas Gerais. O sistema integra e gere os municípios considerados pólos regionais do Estado, que são divididos em 12 macrorregiões.
 
A regulação através do software visa o cadastro e o gerenciamento das informações referentes ao paciente, para que toda transferência seja feita exclusivamente, segundo a condição clinica do mesmo, pela observância dos graus de priorização, níveis de complexidade, capacidade e especialização das unidades de referência, objetivando assistência adequada aos usuários, de forma transparente e sem ingerências.
 
A UPA de Manhuaçu acolhe diariamente pacientes graves, sendo responsável pela estabilização dos mesmos, no momento em que mais precisam, ou seja, no primeiro atendimento.
 
A partir disso, busca-se a referência de atendimento hospitalar para a continuidade do atendimento, o que ocorre mediante a regulação no SUS Fácil. Nesse momento, os pacientes contam com o importante trabalho do médico assistente, do enfermeiro e dos operadores da Central de Leitos.
 
Aperfeiçoamento da equipe
 
Ações voltadas para a qualificação da assistência clínica têm sido instituídas e priorizadas, ao exemplo da capacitação sobre o Suporte Avançado de Vida em Cardiologia (ACLS), ministrado em dezembro de 2017, com todo o corpo clínico da UPA, objetivando a normatização de condutas baseadas em evidências.
 
Os inúmeros benefícios das qualificações motivam a ampliação das mesmas aos demais segmentos, o que é realidade na instituição.
 
Na oportunidade, as equipes receberam instruções acerca de procedimentos relativos à qualificação dos laudos, o que é crucial para a qualidade dos processos.
 
A UPA tem cumprido satisfatoriamente o cronograma de Educação Permanente, que repercute diretamente na melhoria da assistência aos usuários, com vistas à garantia de direitos e a humanização nos atendimentos.
 
Assessoria de Comunicação da SMS Manhuaçu













}