MANHUACU.COM - Qualidade dos cafés das Matas de Minas marca abertura do Simpósio

Qualidade dos cafés das Matas de Minas marca abertura do Simpósio



 

Tamanho da fonte    




Foi aberto, nesta quarta-feira, 21/03, o 22º Simpósio de Cafeicultura das Matas de Minas. O evento reúne cafeicultores, empresários, pesquisadores, técnicos e engenheiros agrônomos ligados à cadeia produtiva do café na região.
 
O Presidente da ACIAM, Silvério Afonso, abriu o evento agradecendo aos parceiros, patrocinadores e aos cafeicultores. Ele falou da trajetória da cafeicultura da região e reforçou a importância do Simpósio para a economia regional. “Nós conseguimos acabar com a imagem de que a região produzia somente cafés ruins. As Matas de Minas são sinônimo de qualidade, tanto que vencemos os principais concursos do país”.
 
Para o dirigente, o primeiro dia foi um sucesso pela boa participação do público, a presença de autoridades e lideranças do setor cafeeiro e grandes empresas expositoras. “O evento continua grande e de uma relevância enorme para os cafeicultores. O Simpósio se tornou o maior palco de divulgação de conhecimento, novas práticas e negócios para todos os segmentos da cadeia produtiva do café".
 
Um dos destaques dessa edição está sendo o espaço do Café das Matas de Minas. Foi montada uma área para exposição e degustração dos cafés de produtores premiados das Matas de Minas.
 
“A pessoa que está participando do evento pode conhecer as várias nuances do café das Matas de Minas. Estão aqui os cafés premiados, inclusive os melhores cafés do Brasil. Estamos com produtores e baristas que preparam o café na hora. Aqui podem experimentar como nosso café é diversificado e de muita qualidade”, reforçou Silvério Afonso.
 
Crescimento
 
Presente na abertura do evento, o secretário estadual de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Pedro Leitão, destaca a importância do encontro para o diálogo entre os representantes da cadeia produtiva do café. “Esse Simpósio que cresce a cada ano demonstra que as lideranças da região estão sabendo fortalecer esse segmento. Gostaria de parabenizar a todos. A gente acredita que esse trabalho do Simpósio, ofertando conhecimento e informação para o produtor rural é o que tem desencadeado a melhoria da qualidade e, por consequência, melhora a renda e as oportunidades”.
 
Pedro Leitão anunciou que será realizada uma Missão com os produtores de café mineiros para a China e já garantiu a inserção das Matas de Minas nessa apresentação ao mercado chinês.
 
O secretário ainda informou que o Mapeamento do Parque Cafeeiro do estado foi concluído. “Fico muito feliz pelo trabalho que desenvolvemos e que é inédito no mundo, de vanguarda, e irá gerar muito conhecimento sobre as lavouras de café localizadas no estado”.
 
A abertura ainda teve os pronunciamentos da Prefeita Cici Magalhães, do deputado federal Mário Heringer, deputado estadual Bráulio Braz, da presidente da Aliança Internacional das Mulheres do Café Cintia Matos e do Secretário Adjunto de Agricultura do Estado de Minas Gerais Amarildo Kalil.
 
No primeiro dia, ainda houve palestra sobre juventude rural e novas tecnologias a serviço da gestão de propriedades; perspectivas do mercado de café na safra 2018/19; inovação tecnológica como propulsora das regiões produtoras de cafés diferenciados; selo de rastreabilidade das Matas de Minas; e informações do que o mercado externo espera dos cafés brasileiros.
 
Segundo dia
 
A quinta-feira começa pela manhã com o 3º Encontro de Mulheres Cafeicultoras, com palestra da ex-vice-presidente da Aliança Internacional das Mulheres Cafeicultoras, empreendedora e jornalista Josiane Macieira Cotrim.
 
Na parte técnica, acontecerão palestras e minicursos sobre controle biológico na cultura de café; interferência da secagem na qualidade do café; análise de solo e foliar: ferramentas para economia de recursos; práticas conservacionistas de solo e água e o cultivo de culturas consorciadas com o café.
 
Ao longo de três dias, o evento somará palestras e minicursos e será encerrado com um dia de campo em Laranja da Terra (zona rural de Iúna-ES). Cerca de 50 empresas estão expondo seus produtos e serviços em estandes montados no Parque de Exposições da Ponte da Aldeia com uma estrutura ampla e renovada.
 
A participação no Simpósio de Cafeicultura é totalmente gratuita para os cafeicultores e pessoas envolvidas com o agronegócio. Basta que os interessados façam a inscrição na entrada do evento.
 
Assessoria de Imprensa/Fotos: Welington Sarmento e Silvio Ferreira













}