SAMAL obtém autorização para limpeza do Rio Manhuaçu



 

Tamanho da fonte    




O SAMAL (Serviço Autônomo Municipal de Limpeza Urbana) iniciou há alguns dias o serviço de desobstrução do Rio Manhuaçu, no perímetro urbano, em razão da existência de touceiras de bambu, restos de animais mortos e lixo. No decorrer dos trabalhos, constatou-se a necessidade de dar continuidade à limpeza, percorrendo outros pontos, às margens do rio. Com este propósito, a autarquia solicitou e obteve autorização do Departamento Municipal de Meio Ambiente para a execução dos serviços.
 
No Parecer Técnico da Autorização nº 033/2017, o Departamento de Meio Ambiente menciona que ‘mediante visita in loco às margens do Rio Manhuaçu, no perímetro urbano, foi constatada a existência de lixo e vegetações, como bambu e arbustos, que prejudicam a fluidez do rio, e, com base na Resolução Conjunta IEF/ SEMAD nº 1905, de 12/08/2013, e a Lei Complementar nº 140, de 08/12/2011, e a Portaria nº 084, de 26/02/2014, o Departamento Municipal de Meio Ambiente resolve autorizar o SAMAL a realizar com ferramentas manuais a limpeza das margens do rio Manhuaçu, no perímetro urbano, o que vai facilitar o escoamento das águas, no período chuvoso. 
 
Tomar o cuidado de não acumular os detritos da limpeza dentro do rio com a consequência de diminuir a oxigenação da água, que poderá causar a morte de peixes. Deferida a limpeza das margens do rio Manhuaçu, no perímetro urbano’.
 
O Diretor do SAMAL, Eron Elias, pontua que os trabalhos prosseguem de forma dinâmica, com o trabalho intenso da equipe de operários da autarquia. A direção do SAMAL solicita à toda população que colabore, denunciando a ação de pessoas que têm jogado lixo no rio. 
 
Secretaria de Comunicação Social – Prefeitura de Manhuaçu













}