MANHUACU.COM - Secretaria de Educação recebe livros literários

Secretaria de Educação recebe livros literários



 

Tamanho da fonte    




A Prefeitura de Manhuaçu, através da Secretaria de Educação, recebeu, na manhã desta sexta-feira, 30, 600 livros literários através de parceria firmada com o Banco Itaú. As obras serão encaminhadas para a Escola Municipal Eny Alves Nogueira, que fica no distrito de Palmeiras.

Através da Fundação Itaú Social, o gerente do setor de Poder Público do banco, Ricardo André Vasta, explica que o objetivo do programa é formular, implantar e disseminar metodologias voltadas à melhoria de políticas públicas na área educacional e à avaliação econômica de projetos sociais. Seu foco de atuação são as áreas de educação integral, gestão educacional, avaliação econômica de projetos sociais e mobilização social.

Além disso, Ricardo afirmou ainda que "a Fundação Itaú Social atua em todo o Brasil em parceria com as três esferas de governo, o setor privado e organizações da sociedade civil. Queremos plantar a semente da leitura nas crianças para que cresçam habituadas à esta prática ", completou.

O secretário do Trabalho e Desenvolvimento Social, Macilon Aguiar Breder, avaliou como de suma importância o recebimento dos 600 livros. "Uma das bases do Governo Nailton Heringer é investir em educação. Essas obras chegarão para somar ainda mais com a parte pedagógica que desenvolvemos no município. O hábito da leitura abre os horizontes. Sem a formação educacional, nós não somos nada. É através da educação que podemos transformar o nosso país", comentou Macilon.

Educação satisfeita

Inicialmente, os 600 livros atenderão pelo menos 500 crianças que estudam na Escola Municipal Eny Alves Nogueira. Ao receber todas as obras, a assessora da Secretaria de Educação, Elisangela Rubio Cabral, não escondeu a alegria e satisfação. "O hábito de ler é fundamental, até mesmo na hora de se escolher uma profissão. Quando ensinado desde cedo, a pessoa melhora o aprendizado. Estamos muito contentes em receber esses livros, principalmente pela qualidade. Os professores também se motivam ao ter em mãos material tão bom", comemorou Elisangela.
(foto: Secretaria de Comunicação Social)

A coordenadora pedagógica da Secretaria de Educação, Elaine Mendes de Carvalho, falou sobre "a maior riqueza da Educação". "Um livro de literatura é a maior riqueza que podemos receber. Um acervo tão rico como este vai despertar nas crianças o hábito da leitura. Nos tornamos cidadãos melhores com informação de qualidade e através dos livros podemos conseguir isso", disse Elaine.

Secretaria de Comunicação