Seminário de Jiu-Jitsu busca interação entre crianças de Manhuaçu e Dom Cavati



 

Tamanho da fonte    




A Equipe Gaditas Team, que tem como professor de Jiu-Jitsu Cleiton Silva, promoveu, na noite de sexta-feira, 11, seminário que buscou a interação entre alunos de Manhuaçu e da cidade de Dom Cavati, onde o professor também participa de um projeto social.

Mais de 20 alunos de Dom Cavati tiveram a oportunidade de fazer novas amizades, conhecer a estrutura da academia em Manhuaçu e aprender novas técnicas do esporte. "É uma grande oportunidade para as crianças e jovens se conheceram e trocar ideias sobre o Jiu-Jitsu, além de aprender e aperfeiçoar as técnicas", comentou Cleiton Silva.

(foto: Geilson Dangelo)

A Secretária Municipal de Assistência Social, Kedymar Maria de Lima, destacou a interação entre os alunos e a disciplina. "É uma iniciativa do CRAS e nós viemos para interagir com os alunos de Dom Cavati e os de Manhuaçu. Pretendemos focar a disciplina e envolver todas as crianças do município. Nós estamos fazendo a licitação dos tatames e quimonos e a nossa intenção é fazer um grande investimento neste esporte em Dom Cavati", comentou.

(foto: Geilson Dangelo)

A Professora do PROETI (Programa de Educação em Tempo Integral) e Pedagoga da Assistência Social, Neirovone Cristian Vaz, também falou sobre a importância do projeto. "As crianças são muito hiperativas e precisam gastar energia com disciplina. Já percebemos muita mudança no comportamento dos alunos. Antes um agredia o outro e agora isto acabou, então devido a este resultado, a assistência social resolveu implantar em toda a cidade", relatou.

O projeto atende crianças a partir de 7 anos e jovens até 20 anos de idade.

(foto: Geilson Dangelo)4(foto: Geilson Dangelo)

Geilson Dangelo














}