Seminário discute e promove atualização sobre doenças transmitidas pelo Aedes



 

Tamanho da fonte    




A Dengue, Chikungunya e Zika são doenças transmitidas pela picada do mosquito Aedes aegypti, também conhecido como "mosquito da Dengue". Com a chegada da época do calor e do período chuvoso, todo cuidado é pouco para não deixar água parada em casa. O pneu que ficou esquecido no quintal, o vaso de planta na varanda ou, até mesmo, a calha de escorrimento de água no telhado podem ser locais propícios para a proliferação do mosquito.
 
O assunto foi amplamente discutido nos dias 24,25 e 26 de outubro,em Belo Horizonte, durante o Seminário do Programa Estadual de Doenças Transmitidas pelo  Aedes.Com o tema "Com o Aedes não se brinca", a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) lançou, em outubro, a sua nova campanha de mobilização, controle e enfrentamento ao mosquito Aedes aegypti
 
A Secretaria Municipal de Saúde de Manhuaçu foi representada pela Coordenadora de Vigilância Ambiental, Emilce Estanislau, participou de vários eixos temáticos, que discutiram as formas de ações que devem ser colocadas em prática, para enfrentar este problema. Outro ponto discutido é para que haja a união de toda sociedade, a fim de que cada um faça a sua parte.
 
A coordenadora de Vigilância Ambiental, Emilce Estanislau conta que, durante o seminário foram apresentados dados preocupantes da situação Epidemiológica do Estado de Minas Gerais. Já foram contabilizados 26454 casos prováveis de Dengue; 17482 casos prováveis de Chikugunya em 212 municípios, inclusive Manhuaçu. Outro dado apresentado foi o aumento de 50,75 % de casos de dengue no Estado  entre Agosto e Setembro deste ano em relação ao ano anterior. Contabilizados 23 óbitos e 11 sendo investigados. De Febre Chikungunya são 10 óbitos confirmados e 12 em investigação.
 
Para combater o Aedes, esta nova abordagem da campanha quer sensibilizar a população sobre os riscos à saúde causados por estas doenças, bem como mostrar que a prevenção por meio da eliminação dos focos, como água parada é o melhor caminho para evitar estes agravos. Também será feito todo um trabalho, a fim de estimular o sentimento de corresponsabilidade do cidadão na prevenção e promoção da saúde.
 
Assessoria de Comunicação SMS













}