Simpósio de Cafeicultura começa na quarta; estrutura é montada



 

Tamanho da fonte    




Manhuaçu sedia na quarta-feira, 20, a 17ª edição do Simpósio de Cafeicultura de Montanha. O evento realizado pela Associação Comercial, Industrial e de Agronegócios de Manhuaçu (ACIAM) é o maior encontro do agronegócio do café da região das Matas de Minas. Ao todo, serão 25 palestras e minicursos e um dia de campo. Cinquenta empresas apresentam seus produtos e novidades para o setor numa feira de negócios na quarta e quinta-feira, enquanto o dia de campo em Martins Soares encerra a programação, na sexta-feira.

A montagem da estrutura para o Simpósio de Cafeicultura começou no início da semana, no Parque de Exposições da Ponte da Aldeia. Segundo o presidente da ACIAM, Toninho Gama, a grande novidade é o auditório: “Temos procurado dar um conforto maior para os participantes e para as empresas que apoiam o evento. A novidade é a montagem do auditório ao lado dos estandes totalmente climatizado e oferecendo mais 70% de espaço em relação ao salão que utilizávamos antes”.

Outras mudanças se referem a ampliação do número de estandes. São quase 70 espaços neste ano. Na tarde do primeiro dia, a ACIAM ainda promove a Rodada de Negócios SEBRAE-MG e uma agenda de relacionamentos. O objetivo é aproximar cafeicultores e exportadores do mercado de café.

Boa procura dos cafeicultores

De acordo com o dirigente, a procura tem sido muito grande. “Há uma quantidade muito boa de inscrições antecipadas e temos uma expectativa de um público expressivo. A programação reúne no total 25 palestras e minicursos durante os dois dias. Ao mesmo tempo teremos uma feira comercial com espaço para empresas de Manhuaçu e região expondo produtos e novidades para a agricultura. Enfim, o agronegócio do café estará centralizado nesse evento”, considera.

Presidente da ACIAM, Toninho Gama, e o Presidente da Associação de Cafés Especiais, Alexandre Leitão (foto: Geilson Dangelo)

Para o presidente da Associação de Cafés Especiais, Alexandre Leitão, a expectativa é muito grande para essa 17ª edição. Ele considera que a mudança na estrutura está ficando mais ampla e confortável para o público.

Segundo Alexandre Leitão, o Simpósio de Cafeicultura se tornou um painel importante para os produtores. “Atualmente, com os preços do café tão baixos, o simpósio é mais importante ainda. Nele vamos discutir o mercado, tendências, como reduzir custos, agregar qualidade e manter a produtividade. Isso tudo faz diferença para o produtor ainda mais agora”, argumenta.

A abertura do Simpósio de Cafeicultura será na quarta, às 09 horas. A expectativa é da presença de lideranças do setor cafeeiro e autoridades da região. Na quinta-feira, a ACIAM já confirmou a presença do Secretário de Estado de Agricultura Elmiro Nascimento. A expectativa é contar também com a presença do diretor executivo da Organização Internacional do Café (OIC), Robério Silva.

Preparação do local onde irá acontecer a abertura do eventos e as palestras (foto: Geilson Dangelo)

De acordo com Alexandre Leitão, o simpósio projeta a cafeicultura regional. “A realização desse evento, apesar de todo o trabalho, é compensadora para todos os cafeicultores. Vivemos da cafeicultura e precisamos promover a região das Matas de Minas. Torná-la conhecida no mundo todo pelo agronegócio café”.

Mais informações e inscrições no site www.simposiodecafeicultura.com.br

Assesoria de Imprensa ACIAM














}