Simpósio de Cafeicultura das Matas de Minas terá três dias



 

Tamanho da fonte    




Qualidade, mercado, agricultura familiar, comercialização e produtividade serão os principais temas do Simpósio de Cafeicultura das Matas de Minas. A 22ª edição do evento começa no dia 21 de março, no Parque de Exposições da Ponte da Aldeia, em Manhuaçu (MG) e pretende reunir mais de 1.600 pessoas em debates, palestras e dia de campo sobre novidades no setor cafeeiro.
 
Segundo o presidente da Associação Comercial, Industrial e Agronegócios de Manhuaçu (ACIAM), Silvério Afonso Júnior, o formato retomará o modelo inicial do evento. Serão três dias, sendo que os dois primeiros acontecem no Parque de Exposições, na Ponte da Aldeia.
 
Outra mudança é a novidade no dia de campo. Depois de 21 anos promovendo o encerramento no Centro Experimental das Fazendas Heringer, este ano o Grupo Heringer promove a apresentação de pesquisas sobre cafeicultura na Fazenda Esperança, na comunidade de Laranja da Terra (zona rural de Iúna), no Espírito Santo, na divisa com Minas Gerais, no dia 23 de março.
 
Boa Expectativa
 
A proposta do evento é disseminar conhecimento e incentivar os produtores, além de discutir as ações para o fortalecimento da cafeicultura na região das Matas de Minas.
 
De acordo com Silvério Afonso, os parceiros e empresas expositoras estão muito empolgadas com a edição deste ano. “As empresas realmente abraçaram e ficamos felizes com a confiança que as empresas locais, multinacionais e empresários depositaram na gente. Vamos ter um grande evento, reunindo toda a cadeia produtiva. Nosso objetivo é justamente esse: fortalecer a cafeicultura da nossa região”.
 
Além das palestras no evento principal, haverá minicursos e demonstração de máquinas e implementos.
 
As inscrições são gratuitas e podem ser feitas com as empresas e entidades participantes.
 
Programação Completa:
 
AUDITÓRIO 1
 
21 de março - Quarta-feira 
 
08h30min - Credenciamento
09h - Cerimônia de Abertura
10h15min - PRONAF
Palestrante: Luiz Panzer – Diretor Executivo Cresol 
10h30min - Juventude Rural - As novas tecnologias de informação a serviço da gestão de propriedades rurais.
Palestrante: Helena Silva - Coordenadora da Agenda Estratégica - Juventude Rural e Sucessão na Agricultura Familiar da Emater - Minas Gerais.
Painel do Conselho Região das Matas de Minas/SEBRAE - Palestras
14 h - Marcus Magalhães – Mercado Café
Moderador: José Luiz Rufino - Superintendente do Centro de Excelência do Café das Matas de Minas
14h30min - A Importância da Inovação Tecnológica como Propulsora das Regiões Produtoras de Cafés Diferenciados.
Palestrante: Gabriel Ferreira Bartholo - Engenheiro Agrônomo – Doutor em Melhoramento Vegetal, Chefe Geral Embrapa Café.
15h30min - Selo de Rastreabilidade das Matas de Minas
Palestrante: Sérgio Cotrim D'Alessandro - Engenheiro Agrônomo pela UFV e Consultor de Cafés Especiais.
16h - Perspectivas do Mercado de Cafés para a safra 2018/2019
Palestrante - Guilherme Morya – Engenheiro Agrônomo e Analista de Mercado de Café – Banco Rabobank Brasil
17h - Cases de Sucesso
Mesa Redonda com participação de convidados especiais.
 
22 de março - Quinta-feira
 
Dia das Mulheres produtoras de café
 
(Convites antecipados e limitados – Cresol/Senar/Emater/Coocafé)
08h - Credeciamento 
09h - Café com Prosa 
10h - “Mulheres do Café no Brasil. Elas existem e trabalham muito.”
Palestrante: Josiane Macieira Cotrim – Jornalista, Empreendedora, ex-Vice-presidente IWCA Global
PALESTRAS DA TARDE
14h - Controle Biológico na Cultura de Café
Palestrante: Éderson Santos – Biólogo, Mestrando em biotecnologia vegetal (UFLA)
14h50min - FUNRURAL
Dr. Francisco Maurício Barbosa Simões – Consultor Jurídico FAEMG
15h10min INTERVALO
16h - O quê o consumidor externo espera do café brasileiro?
Palestrante – Paula Varejão – Apresentadora do Programa “Tá na Hora do Café.” no  - Canal Mais Globosat.
 
23 de março - Sexta-feira
 
08h30min - DIA DE CAMPO HERINGER
Fazenda Esperança – Laranja da Terra /  Iúna ES
 
AUDITÓRIO 2 - Minicursos
 
21 de março - Quarta-feira 
10h30min - TEORIA E PRÁTICA
A importância de se conhecer a classificação física do café para fins comerciais, concursos e commodities
Ministrantes: Paulo Roberto Vieira Corrêa, Thiago Braga de Oliveira, Joelson Luiz Dutra dos Reis, Giovani Vidigal Araújo e Danilo Artur Jorge- EMATER MG.
22 de março - Quinta-feira 
8h30min - A interferência da secagem na qualidade do café.
Ministrante: Prof. Dr. Gabriel Henrique Horta de Oliveira - IF Sudeste MG, Campus Manhuaçu.
9h40min - Análise de solo e foliar: ferramentas para economia de recursos.
Ministrante: Prof. Substituto. Dr. Cleber M. Oliveira - IF Sudeste MG, Campus Manhuaçu.
10h50min - Práticas conservacionistas de solo e água.
Ministrante: Prof. Dr. David Rafael Quintão Rosa - IF Sudeste MG, Campus Manhuaçu
 
Serviço:
 
22º Simpósio de Cafeicultura das Matas de Minas
21 a 23 de Março 
Local: Parque de Exposições da Ponte da Aldeia –km 38 – BR-262–Manhuaçu
 
Assessoria de Imprensa













}