Simpósio de Cafeicultura será aberto na terça-feira



 

Tamanho da fonte    




Realizado pela Associação Comercial, Industrial e de Agronegócios de Manhuaçu (ACIAM), o Simpósio de Cafeicultura começa na terça-feira, 15/03, comemorando a marca de 20 edições ininterruptas. A expectativa é que o evento seja festejado com a expressiva presença de produtores, técnicos e engenheiros agrônomos de toda a região.

Ao todo serão realizadas quinze palestras e minicursos em três dias de atividades em Manhuaçu e ainda um dia de campo em Martins Soares, na sexta-feira, dia 18, no encerramento do encontro. Cerca de 50 empresas apresentarão seus produtos e serviços em estandes que já estão sendo montados no Parque de Exposições da Ponte da Aldeia. No total, a organização calcula que 2.500 pessoas passarão pelo evento.

Segundo o Presidente da ACIAM, Silvério Afonso, a 20ª edição é um momento histórico. “É o coroamento de todo o trabalho que foi realizado ao longo de duas décadas. Nós conseguimos acabar com a imagem de que a região produzia somente cafés ruins. Hoje, as Matas de Minas são sinônimo de qualidade, tanto que vencemos os principais concursos do país. Além disso, o simpósio mostra que o produtor está participando e buscando informações para melhorar mais ainda sua lavoura. Isso nos motiva a realizar um evento sempre melhor".

A participação no Simpósio de Cafeicultura é totalmente gratuita para os cafeicultores e pessoas envolvidas com o agronegócio. Basta que os interessados se inscrevam junto às empresas e entidades participantes.

Durante os três primeiros dias serão apresentadas palestras que mostraram novas técnicas e pesquisas relacionadas à qualidade, produtividade e combate às pragas do cafeeiro. Além disso, o Simpósio trará, logo na abertura, palestras sobre as perspectivas de mercado e a utilização de máquinas na colheita e beneficiamento.

(foto: Assessoria de Imprensa)

O Secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais, João Cruz Reis Filho, irá participar da cerimônia de abertura do evento, na manhã de terça-feira.

Palestras

As palestras foram organizadas em três grandes pilares: mercado, cultivo/beneficiamento e qualidade.

No primeiro dia, os participantes assistem as apresentações sobre o Programa Café Sustentável e o Uso Racional dos Fertilizantes na Cultura do Café. Um curso também será oferecido para mostrar experiência bem sucedidas na automatização do sistema de pós-colheita do café.

O segundo dia é dedicado à qualidade. Todas as palestras vão enfocar o trabalho que é feito pela valorização do Café das Matas de Minas.
Logo pela manhã, os participantes conhecerão as regiões produtoras e o mercado de Cafés Especiais. Após, a evolução e perspectivas do mercado de Cafés Especiais no Brasil e no mundo.

(foto: Assessoria de Imprensa)

Depois, o tema será tratado de forma regional e como isso pode impulsionar a conquista de mercados diferenciados. O ciclo vai ser fechado com os avanços e expectativas para a região das Matas de Minas como Origem Produtora.

A tarde de quarta-feira, continua com quatro palestras sobre a produção do café especial nas Matas de Minas. Todas somadas formam um grande ensaio sobre a qualidade e as recomendações técnicas para se produzir um café diferenciado na região, agregando valor ao produto.

Na quinta-feira, o evento será aberto com o 2º Encontro das Mulheres Produtoras. A palestra especial será sobre a estilo e atitudes que constroem o sucesso do negócio.

Durante a tarde, os temas serão renovação e recuperação dos cafezais; orientações básicas sobre cooperativismo e a valorização da agricultura,

Estrutura

Segundo o gestor da Bizz Marketing, Ramiro Franklin, a grande novidade é a mudança do auditório: “Temos mantido a tradição do evento e procurado dar um conforto maior para os participantes e para as empresas que apóiam o simpósio. A novidade é a montagem do auditório próximo da entrada do evento e foram criadas também áreas de convivência abertas, oferecendo mais 70% de espaço em relação aos anos anteriores”.

Outras mudanças se referem a ampliação do número de estandes e a área de circulação por todo o parque. Ele considera que a mudança na estrutura deixou o evento mais amplo e confortável para o público poder visitar e conhecer os produtos em exposição.

Neste final de semana, a empresa responsável entregou os estandes prontos para que os expositores possam colocar seus produtos e mobiliário. Na terça-feira, a partir de 8 horas, os visitantes serão recebidos na nova estrutura para a edição histórica de 20 anos do Simpósio de Cafeicultura.

Assessoria de Imprensa