Sinal verde para o SAMU: Câmara aprova adesão de Manhuaçu ao CISLESTE SUL



 

Tamanho da fonte    




O Presidente Maurício de Oliveira Júnior comemorou a aprovação unânime do plenário ao Projeto de Lei nº 034/2014, de autoria do Executivo,que ratifica o Protocolo de Intenções para a adesão do Município de Manhuaçu ao CISLESTE SUL (Consórcio Intermunicipal de Saúde da Rede de Urgência e Emergência da Região Ampliada Leste Sul), durante a sessão legislativa ordinária desta quinta-feira, 29.

“Foi dado mais um passo em direção a conquista das ambulâncias do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), para que o mesmo seja implantado em Manhuaçu. A Câmara de Vereadores, por meio da minha pessoa Maurício Júnior, temos desde o início do nosso mandato buscado esta conquista para Manhuaçu. Muito em breve estaremos com estas ambulâncias atendendo a nossa população, a nossa sociedade”, afirmou.  

Cultura

Ainda na abertura dos trabalhos legislativos, foi concedida palavra ao cidadão Alexandre José de Assumpção Gomes, que se pronunciou sobre a importância da criação da Secretaria Municipal de Cultura em Manhuaçu. Quanto a questão, existe um Projeto de Lei, de autoria do Executivo, em análise das Comissões na Casa Legislativa. Ontem, dia da reunião, a Prefeitura enviou Projeto substitutivo sobre a matéria (nº 023/2014), o que demandará, conforme Regimento Interno, nova análise por parte dos vereadores.   

Dificuldade para realização de shows

Vereador Fernando Gonçalves Lacerda (Fernando do Fórum) mencionou sua preocupação com falta de opções para o lazer e entretenimento da juventude em Manhuaçu. O Vereador comentou ainda sobre postagem recente feita em rede social na internet, em que um produtor de eventos reclamava sobre o aumento dos valores cobrados para a realização de shows na cidade e as condições inadequadas de conservação do Parque de Exposições, em face ao que se tem cobrado.

Contra a desmilitarização
(foto: Assessoria de Comunicação)

Vice-presidente da Câmara e 2º Sargento da Reserva, Anízio Gonçalves de Souza (Vereador Cb. Anízio) apresentou Moção de Repúdio (nº 058/2014) contra a PECnº 51/2013 do Senado que propõe a reestruturação do modelo de segurança pública a partir da desmilitarização do modelo policial. O documento foi aprovado no plenário, com voto contrário do Vereador João Gonçalves Linhares Júnior. Anízio destacou que o Repúdio será encaminhado para conhecimento do Comando da Polícia Militar e ao Senado, em Brasília (DF).

Assessoria de Comunicação














}