Sucesso em mais uma edição do Campeonato de Futsal das Montanhas



 

Tamanho da fonte    




Dois dias de muita emoção em grandes exibições no Ginásio Poliesportivo Homero Caetano Viana em Luisburgo. A terceira edição do maior torneio de futsal feminino da região foi marcada pelos grandes jogos e, mais uma vez, por uma ótima participação da torcida. O título foi para solo capixaba, mas cada duelo interestadual foi recheado de tensão. 
 
O 3º Campeonato de Futsal Feminino das Montanhas aconteceu nos dias 12 e 13 de agosto e chegou com a responsabilidade de superar o sucesso das edições anteriores. Toda a mobilização em torno da competição começou muito antes do pontapé inicial em quadra. Responsável pela organização, a atleta Amanda Knupp, falou do evento. “Eu tenho a alegria de trazer um campeonato com esse nível para Luisburgo. Recebo total apoio da prefeitura e consigo fazer a competição ser atrativa para grandes equipes”.
 
Participaram 12 times equipes dos estados de Minas Gerais e Espírito Santo. Foram elas:
 
Juventude - Luisburgo/MG
MEC - Manhuaçu/MG
América - Caratinga/MG
UAI - Inhapim/MG
Kefas - Ipatinga/MG
Pocrane - Pocrane/MG
A.E Capixaba - Anchieta/ES
Colatina - Colatina/ES
Galácticas - Cariacica/ES
Ipiranga - Cachoeiro do Itapemirim/ES
Pequiá - Pequiá/ES
Rhafa's - Rio Novo/ES
 
A maioria das equipes se conhece bem. Estão acostumadas às adversárias e este detalhe aumenta a rivalidade em quadra. Isso foi percebido pelo torcedor que compareceu e viu no rosto de cada atleta o enorme desejo de vencer. Algumas equipes mais qualificadas passaram da primeira fase, realizada no sábado, com certa tranquilidade. Com a chegada dos confrontos eliminatórios aumentou o nível de jogo. O Juventude, time anfitrião, não conseguiu bons resultados e saiu na fase classificatória. Já outro time muito competitivo, o MEC de Manhuaçu, foi até as quartas onde foi eliminado. Com o afunilamento natural, quatro equipes chegaram à disputa das premiações. No duelo válido pelo terceiro lugar o Kefas de Ipatinga venceu o América de Caratinga e foi para o pódio. Já na disputa do título entre o Ipiranga de Cachoeiro de Itapemirim e Colatina Capixaba teve um jogo que vai ficar marcado. Um confronto que teve dois tempos bem diferentes, mas que consagrou que foi melhor no primeiro. O Ipiranga começou arrasador e balançou as redes três vezes na etapa inicial. Parecia que tinha decidido o jogo alí. Mas o segundo tempo das meninas de Colatina foi demais. Elas foram pra cima e mantiveram as adversárias recuadas. Fizeram dois gols e buscaram o empate, que levaria a decisão para os pênaltis, até os segundos finais. Venderam caro a derrota, mas os méritos do Ipiranga foram incontestáveis. 
 
Premiação
 
A solenidade de premiação aconteceu após a grande final. O Prefeito José Carlos Pereira, acompanhado da sua esposa dona Isabel, e da organizadora do evento Amanda Knupp, entregou os prêmios. Do primeiro ao terceiro lugar os times foram premiados com medalhas, belíssimos troféus e uma quantia em dinheiro. A melhor goleira do torneio, Camila Curty do Ipiranga, ganhou troféu e R$ 100,00. A artilheira, Paloma Marrone do Colatina, também ganhou troféu e R$ 100,00. O Kefas de Ipatinga, terceiro colocado, ganhou medalhas, troféu e R$ 400,00. As vice-campeãs do Colatina Capixaba ganharam medalhas, troféu e R$ 800,00. Já o Ipiranga de Cachoeiro do Itapemirim, grande campeão, levou pra casa medalhas, troféu e R$ 1.800,00. O Prefeito José Carlos Pereira, presente nos dias de competição, falou da satisfação de receber uma competição desse nível. “Quero agradecer a presença de todas as equipes, parabenizar as campeãs, a Amanda que organiza o campeonato com todo o carinho, e o torcedor que compareceu para abrilhantar os jogos. Essa terceira edição do Campeonato das Montanhas só nos motivou ainda mais a continuar promovendo o esporte na nossa cidade” – disse. 
 
O Campeonato de Futsal Feminino das Montanhas foi marcado também pelo uso de recursos tecnológicos importantes, como placar eletrônico, telão e outros dispositivos que colaboraram com o espetáculo. Em 2018 a organização promete fazer ainda melhor.
 
Klayrton Alves de Souza













}