Suspeito de chefiar quadrilha do tráfico é preso em operação da PM em Ibatiba



 

Tamanho da fonte    




A Polícia Militar realizou na manhã desta quinta-feira, 14/09, em Ibatiba, a operação “Montanhas Seguras”, para o cumprimento de 20 mandatos de prisão e 18 de busca e apreensão de suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas no município e região. Na ação foram apreendidas grande quantidade armas, munições, drogas e equipamentos usados na preparação de entorpecentes.
 
A operação, que teve início às 6h, contou com a participação de 64 policiais militares e 20 viaturas. A equipe foi formada por militares do 14º Batalhão de Ibatiba, com apoio da 2ª Cia Independente de Afonso Cláudio, Força Tática do 14º BPM, equipe de operação com cães, e do 2º tenente Nazareno Rodrigues da PM de Minas Gerais.
 
De acordo com a polícia, há cerca de quatro meses o serviço de inteligência do 14º BPM fez levantamentos sobre o tráfico de drogas no município de Ibatiba e da região das Montanhas Capixabas. O Ministério Público do Espírito Santo (MPES), em parceria com a PM, iniciou um procedimento investigatório criminal, que resultou na operação “Montanhas Seguras”, com o objetivo de desarticular o tráfico de entorpecentes.
 
Após as investigações, foi identificado o suspeito de ser o chefe de uma quadrilha de venda e distribuição de drogas no município, J. A. V. da S., conhecido pelo apelido de “Bujão”. As apurações mostraram que além do tráfico realizado pelo suspeito, ele alimentava outras três quadrilhas de traficantes. Os entorpecentes comercializados na cidade eram despachados de Minas Gerais, semanalmente.
 
A PM cumpriu 20 mandados de prisão, sendo que cinco suspeitos já estavam presos. A maior parte das prisões ocorreu em Ibatiba, sendo que dois mandados foram para o município de Brejetuba e outros dois para as cidades mineiras de Chalé e Lajinha.
 
O subcomandante do 14º Batalhão, Major Santiago, explicou os procedimentos da operação “Montanhas Seguras”. “Os acusados serão ouvidos pelo Ministério Público, depois serão apresentados na Delegacia de Polícia Civil e, posteriormente, levados para o presídio de Viana”, informou.
 
Durante a operação foram apreendidos uma pistola calibre 380 com 103 munições e três carregadores; 40 munições calibre 38, um revólver calibre 32, 12 kg e 50 buchas de maconha, 500 gramas de crack, balança de precisão e material para embalagem e comercialização de drogas.
 
Aqui Notícias













}