Taekwondo de Manhuaçu é promessa para o Esporte Nacional



 

Tamanho da fonte    




O sonho de qualquer esportistas é alcançar o pódio, para isso o caminho nem sempre é fácil. Além dos obstáculos naturais exigidos pelo próprio esporte, existe as entraves burocráticas que sempre podem derrubar um atleta. Para um pequeno manhuaçuense, de apenas nove anos, o caminho parece estar aberto ao sucesso. Hiedson Carlos da Silva Fernandes, morador do bairro Matinha é o mais novo representante do Taekwondo de Manhuaçu a ser federado pela FTEMG – Federação de Taekwondo do Estado de Minas Gerias, passando então a representar o município nas competições do Estado.
 
Diferente do que muita gente pensa, o Taekwondo não é um esporte violento. Está dividido em duas vertentes. Uma é o tradicional, voltado para à artes marciais, outra é o esportivo voltado às regras olímpicas. Motivos que levaram a mãe do jovem atleta, Lucilene Ferreira da Silva Fernandes, a incentivar o filho. Ela não esconde o orgulho. “Pela nossa trajetória, orgulho puro. Não teria outro sentimento” – salienta. Ela que faz um trabalho social no bairro, foi a maior incentivadora. “Ele pratica o esporte desde os cinco anos. Mas tem que estudar, essa é a primeira exigência, depois vem o esporte estando bem na escola pode treinar a vontade” – conta.  
 
Manhuaçu atualmente conta com cerca de cem atletas praticando o esporte, a grande maioria são crianças, que treinam em três centros especializados. Apesar de o número parecer baixo, a cidade é um celeiro de campeões, o maior deles é Bruno Rocha, que aos 22 anos, já é um dos maiores atletas na categoria no país. Entre os títulos que trouxe para Manhuaçu, arrebatou três Campeonatos Brasileiros, três Campeonatos Brasileiros Interclubes, dois Brasil Open, oito Campeonatos Mineiros e duas Copas do Brasil além de ter sido premiado em 2012 como o melhor atleta Sub-21 de Taekwondo do Brasil na categoria até 80 Kg. 
 
O maior representante do esporte na cidade é referência para outros jovens, e assim como Hiedson, começou a prática do Taekwondo aos seis anos de idade. Fez parte da primeira Seleção Olímpica Juvenil Brasileira de 2011, que disputou no México a Seletiva Mundial para a 1ª Olimpíadas da Juventude em Singapura, China, ficando em 7º lugar.
 
A cidade, além de produzir campeões na modalidade, é palco de grandes eventos como Manhuaçu Open de Taekwondo. “O Governo de Manhuaçu é um grande parceiro. Todos os eventos que organizamos tiveram o apoio da prefeitura. Nas disputas nacionais em que o Bruno foi campeão sempre temos o patrocínio da prefeitura” – conta Walace Rocha, incentivador e organizador do Manhuaçu Open. “Normalmente o ingresso no esporte é feito a partir dos seis anos, mas em Manhuaçu foi criado um projeto para que aos quatro anos já possam praticar o esporte” – explica.
(foto: Secretaria de Comunicação Social de Manhuaçu)
 
Para os interessados em praticar o esporte como o atleta mirim Hiedson, ou apenas conhecer mais sobre essa modalidade esportiva, os centros de treinamentos são: SESI, Escola Novo Tigre da academia Performance e o CTC – Centro de Treinamento do Claiton.
 
Secretaria de Comunicação Social de Manhuaçu













}