Vacinação Antirrábica começa nesta segunda na cidade



 

Tamanho da fonte    




Começa na área urbana de Manhuaçu, a partir de segunda-feira, 29/06, a Campanha de Vacinação Antirrábica animal, que tem como alvo os cães e gatos e foi iniciada na última semana pela zona rural. A inciativa é do Governo de Manhuaçu, por meio da Secretaria Municipal de Saúde com o empenho do setor de Vigilância Ambiental.
 
Segundo a coordenadora da Vigilância Ambiental, Emilce Estanislau, a campanha terá dois postos fixos em funcionamento na cidade, a partir desta segunda-feira, 29. São eles a portaria do Estádio JK, na Rua Antônio Welerson, no Bairro Santo Antônio e a Praça José Adolfo Assad, conhecida como Praça da Rodoviária. O Atendimento ocorrerá todos os dias, sempre de treze às dezessete horas. A campanha, que prossegue até o dia primeiro de agosto, espera vacinar mais de treze mil animais em todo o município.
 
Zona Rural
 
A vacinação na zona rural também prossegue durante a próxima semana, mobilizando agora a equipe da ESF – Estratégia de Saúde da Família – de Ponte do Silva. Nesta segunda e terça-feira, 29 e 30, as equipes de vacinação percorrem as propriedades nos córregos dos Hott e da Raiz. Na quarta, 01, as equipes atendem nos córregos Gameleira, São Francisco e do Arrozal.
 
A programação nas propriedades rurais prossegue na quinta-feira, 02, nos córregos Bem Posta e Taquara Preta. Na sexta-feira, 03, a vacinação ocorre nos Córregos do Galho, Taquara Preta e São José, e ainda na Barra da Bem Posta.  No sábado, 04, as equipes de vacinação montam postos fixos na entrada de Ponte do Silva e em Vila Formosa.
 
Dia “D”
 
A campanha prevê ainda a realização de um dia “D” de vacinação, programado o próximo sábado, quatro de julho. Na data, 27 postos fixos estarão funcionando durante todo o dia na cidade, entre oito da manhã e cinco da tarde.
 
Para quem vai levar o animal até o posto para receber a vacina, a orientação é que esteja na coleira e em uma corrente, de forma segura para que consiga conter o animal. Na zona rural, o proprietário quando for avisado da passagem da equipe móvel deve manter o animal preso para facilitar o trabalho dos vacinadores.
 
Todo animal, a partir dos três meses de idade, deve ser vacinado. As restrições são para aqueles que estejam debilitados, extremamente doentes, que não devem ser vacinados até que consigam se reabilitar, e animais (cadelas e gatas) que estejam prenhas e o proprietário não consiga conter com segurança para receber a dose.
 
Secretaria de Comunicação Social de Manhuaçu













}