Vereadores buscam segurança para pedestres na rodovia



 

Tamanho da fonte    




Esforços constantes vêm sendo tomados pelos vereadores de Manhuaçu na busca por soluções para as dificuldades de travessia da rodovia BR-262, no perímetro urbano e nos distritos. Esta antiga reivindicação popular, acentuadas pelos constantes registros de acidentes e atropelamentos, tem integrado a pauta de diversas sessões legislativas e outras mobilizações dos membros da Câmara, como reuniões com representantes de segmentos comunitários e órgãos governamentais.

Um exemplo recente ocorreu esta semana, quando, a equipe do DNIT esteve mais uma vez em Manhuaçu. Na sessão ordinária da Câmara, do último dia 24 de Abril, o Vice-presidente Anízio Gonçalves de Souza (Cb. Anízio) apresentou, em plenário, Ofício do DNIT relacionando obras de melhoramentos e de reengenharia da BR-262 e o apoio do Diretor do DETEL-MG, Sérgio Mendes, para as reivindicações feitas. O documento menciona ainda um contorno rodoviário de 9,5 km de extensão, em trecho compreendido possivelmente entre a UBA e a Predalle. Também são citadas seis passarelas e ações de intervenção no trânsito, visando maior segurança, em Santo Amaro de Minas. “O Diretor Márcio (DNIT) informou que uma sondagem será feita nos locais das passarelas e a Licitação está em andamento”, relatou.

Em 2013, o Presidente Maurício de Oliveira Júnior e o Vice-presidente Cb. Anízio também haviam se encontrado com engenheiros do DNIT, reforçando ao órgão esta demanda urgente para o trânsito.

Outra visita da equipe do DNIT a Manhuaçu ocorreu em Fevereiro deste ano, acompanhada pelamaioria dos vereadores que, na ocasião, apresentaram aos engenheiros os locais onde os moradores mais reclamam a falta de passarelas ou de outros meios seguros de travessia do asfalto, inclusive em Santo Amaro de Minas. Na cidade, entre os locais apontados como críticos, estão a rotatória do B. Ponte da Aldeia, o acesso entre os Bairros Vila Deolinda e Bom Jardim, (em frente ao Supermercado Pais e Filhos), o acesso entre osB. São Jorge e Santa Luzia (próximo ao 11º BPM), acesso à Rua da Paz (em frente ao cemitério municipal) e outras áreas próximas aos Bairros São Vicente e Nossa Senhora Aparecida.

Ainda naquele mês, os Vereadores Cb. Anízio, Gilson César da Costa e Francisco de Assis Dutra (Chico do Juquinha) estiveram em Belo Horizonte, solicitando a construção de trevos inteligentesnos trevos do Cafeicultor e da Santa Claracomo medida de segurança para pedestres e motoristas. “Conversamos com o Superintendente do DNIT, Álvaro Campos de Carvalho, e com o Presidente do DETEL (Dep. Estadual de Telecomunicações), Sérgio Mendes – que representou o Governador sobre estas reinvindicações. Todos os Requerimentos protocolados no DNIT foram aprovados pela Casa Legislativa e assinado por todos os vereadores, com o intuito de melhorar a mobilidade urbana no município, tanto para pedestres como motoristas. Essa medida é um ganho para Manhuaçu e região”, esclareceu Cb. Anízio.

A Vereadora Aponísia também evidenciou estes esforços, mencionando que a comunidade de Santo Amaro de Minas necessita de atenção urgente dos órgãos governamentais quanto à segurança para os pedestres. No distrito, Aponísia tem se reunido constantemente com as famílias, ouvindo as reivindicações em um positivo debate com a comunidade.

(foto: Assessoria de Comunicação)

Em Rio Casca, uma comissão composta pelos Vereadores Cb. Anízio e Aponísia dos Reis e moradores de Santo Amaro de Minas visitou o DNIT, solicitando ações imediatas do órgão para garantir a segurança de pedestres no momento da travessia na rodovia. Desde o início da atual legislatura, os Vereadores têm apresentado diversas Indicações e Requerimentos, sobre esta necessidade da população.

Assessoria de Comunicação














}