Vereadores vão à Prefeitura cobrar prefeito melhorias na cidade



 

Tamanho da fonte    




Logo após a abertura da reunião ordinária desta quinta-feira, 19, os vereadores da Câmara de Manhuaçu decidiram suspender a sessão e ir até a Prefeitura de Manhuaçu.

A atitude foi causada justamente pelo envio de projetos de última hora para o Legislativo e serviu para buscar um diálogo com o Executivo. Os buracos nas ruas, a falta dágua constante por toda a cidade e diversos problemas em escolas e outras demandas foram as bases da mobilização.

O objetivo da reunião foi discutir as dificuldades de relacionamento entre os dois poderes durante o primeiro ano das gestões da Prefeitura e também da Câmara Municipal, buscando assim estabelecer um melhor diálogo. Na prefeitura, os quinze vereadores se reuniram com o Prefeito Nailton Heringer. Secretários de governo também estiveram no encontro que durou cerca de duas horas.

Falta d´água e buracos

O vereador Fernando Lacerda abriu a pauta extensa da reunião. Ele questionou o problema da falta d´água constante em diversos bairros. “Estamos trazendo a reclamação que é apresentada por moradores de quase todos os bairros. Sem energia elétrica a pessoa consegue passar, mas sem água é impossível”, pontuou.

Jorge Augusto Pereira e Jânio Sérvio Mendes também reclamaram problemas de abastecimento em Vilanova e Realeza.

O representante do SAAE, José Carlos, prestou esclarecimentos quanto à falta de água. Ele informou que a estrutura precária e antiga de distribuição de água, acompanhada do trânsito pesado, gerou grande parte dos problemas. Informou também a dificuldade com a captação do rio Manhuaçu por causa de lama. Sobre os buracos, o SAAE argumentou que muitas das vezes é obrigado a fazer várias aberturas para encontrar rompimentos nas redes de água (que gera falta de água) e de esgoto. “Chegamos a tirar dez quilos de lixo jogado numa rede de esgoto que entupiu num bairro aqui de Manhuaçu”, citou.

Sobre a demanda dos buracos, o presidente Maurício Júnior reclamou providências da prefeitura. Os vereadores Gilson César, Paulo Altino, Eli de Abreu e Juninho Linhares fizeram coro nas reivindicações. O Prefeito Nailton Heringer informou que três equipes iniciaram a operação tapa-buracos nesta quinta-feira pelas entradas da cidade. “Vamos chegar a todos os locais. Estávamos esperando estiar, mas vamos fazer mesmo com o tempo instável. Vão ser todos solucionados”, garantiu.

O Secretário de Obras Eduardo Heringer confirmou as medidas.

O vice-presidente Anizio Gonçalves defendeu a postura da Câmara Municipal que é totalmente contrária a possibilidade de transferir o SAAE para outra companhia de saneamento.

O prefeito também garantiu que não existe essa possibilidade em seu governo.

(foto: Geilson Dangelo)

Cobranças

Também houve cobranças dos vereadores com relação a reforma da escola da Ponte da Aldeia e da creche de Bom Jesus de Realeza, que receberam visitas dos vereadores Hélio Ferreira e Aponísia dos Reis e do presidente Maurício Júnior. Juninho Linhares e vários vereadores reforçaram a necessidade da Administração atender ou pelos menos responder as indicações de obras encaminhadas pela Câmara. Foram mais de 500 nesse ano. “Estamos apresentando demandas que são da população que nos procura”, afirmou.

Vereadores sairam a pé da Câmara e foram até à Prefeitura (foto: Geilson Dangelo)

O encontro serviu para abrir a possibilidade de maior diálogo entre os dois poderes. No final da reunião, o Prefeito Nailton Heringer pediu desculpas à população “pelas falhas que existiram neste ano, mas que tudo que está sendo feito e planejado na busca de uma melhor qualidade de vida da população, porém, nem sempre tudo o que queremos é conquistado de forma imediata. Vamos continuar lutando por benefícios para que o município se desenvolva e se torne cada dia melhor”.

Manhuacu.com














}