Vigilância Sanitária inutiliza produtos alimentícios apreendidos



 

Tamanho da fonte    




O Governo de Manhuaçu, por meio da Secretaria de Saúde e a equipe da Vigilância Sanitária, promoveu nesta quinta-feira, 05/06, a inutilização de produtos alimentícios irregulares, que foram apreendidos nos estabelecimentos comerciais da cidade.
 
No total, segundo o agente fiscal da Vigilância Sanitária de Manhuaçu, Afonso Cláudio Dornelas, foi feita a inutilização de uma tonelada de alimentos, principalmente produtos de origem animal e de festas, como doces, barras de chocolates e cereais.
 
Os produtos, recolhidos por estarem impróprios para o consumo humano, principalmente em virtude de data de validade vencida, foram encontrados em mercearias, açougues, supermercados e casas de produtos de festa. Os alimentos foram recolhidos entre dezembro do ano passado e o último mês de abril. 
 
O Agente Fiscal, Afonso Dornelas, informou que os alimentos são inutilizados com um trator passando por cima deles e depois enterrados, sem qualquer condição de serem saqueados. Lembrou também que toda a ação de inutilização tem o acompanhamento de vários profissionais.
 
Além da tonelada de produtos apreendidos pela Vigilância Sanitária, foram inutilizados também alimentos enviados por uma empresa distribuidora particular, que estavam com data de validade vencida. No total foram 3.450 quilos de produtos, principalmente biscoitos, inutilizados.
 
Colaboração da população
 
A Equipe da Vigilância Sanitária segue uma rotina diária de fiscalização nos estabelecimentos que comercializam alimentos na cidade e em todo o município. “Inclusive fiscalização noturna junto aos comércios que funcionam somente à noite como cantinas e trailer” – pontuou o fiscal Afonso Dornelas. 
 
O trabalho de fiscalização da equipe ocorre de forma aleatória. A equipe trabalha também através de denúncias. “A gente pede a população para que olhe tudo que for de alimentos e denunce qualquer coisa. O mais importante é a colaboração do povo” - destaca.  “Nós temos o telefone da Vigilância Sanitária, que é o 3332.3580, pode ligar sem medo que fica no anonimato, então pedimos para denunciar porque sem a colaboração do povo é difícil” – concluiu Afonso Dornelas.
(foto: Secretaria de Comunicação Social de Manhuaçu)
 
(foto: Secretaria de Comunicação Social de Manhuaçu)
 
Secretaria de Comunicação Social de Manhuaçu













}